Retorno e o amor que acende a vida.

Oi gente! Quanto tempo! Começo o post de hoje dizendo que ter ficado esse tempo longe me fez ter uma nova percepção, e poxa gente... Como é ruim ter tantos projetos e acabar sempre com muitos pendentes... Me sinto impotente de ter tanta coisa pra fazer e não dar conta de metade.
Estou em uma fase de mudança, de vida, de lugar, de tudo (mas isso é assunto para um outro post)...
É tão difícil dar continuidade a projetos pela metade mas vou tentar, pois mais do que tudo eu sei que sou capaz. A ideia de ter um blog sempre foi um sonho para mim, e quando consegui deixar a vergonha de lado e criei esse espaço, sabia que seria muito difícil conseguir conciliar tudo. Enfim, cá estou eu novamente, tentando de novo, por hipótese alguma vou desistir, se precisar, morro tentando, mas desistir jamais, tentarei dar sequência aos projetos que estava tendo a dois meses atrás sim. Mas dessa vez com mais calma, e sem tentar abraçar o mundo de uma vez só...



Vocês já ouviram falar daquele amor que acende a alma, a lua, o sol, a vida? Ele existe sim, mas também existe (e como) aquele "amor' que apaga todo o brilho da pessoa e acaba tornando a pessoa opaca e triste, aquele que nem deveria ser chamado de amor, sabem?

Conheço pessoas que vivem dizendo: "Tenho um namorado maravilhoso", mas sabem, depois de certo tempo, percebi que esse maravilhoso não significa absolutamente nada, visto que, já é esperado que todo namorado seja maravilhoso. Afinal, se o moço não é maravilhoso com você, não tem porque ele continuar sendo seu namorado, né?
Deixando essa conclusão de lado, eu acho mesmo que todo namorado deve ser maravilhoso, mesmo que eu saiba que a grande maioria não chega nem perto disso.
Maravilhoso é o namorado que acende a sua vida, a deixa melhor de todas as formas, reparem bem, tem o namorado que "acende" e o namorado que "apaga".

O namorado que acende ilumina toda nossa história, a nossa existência, ao lado dele a gente sente uma onda de alegria constante, coragem imensa e liberdade inigualável. Ele nos dá tanta força e faz com que sejamos exatamente como somos, só que muito melhores. Sentimos mais clareza sobre nossos objetivos, sentimos mais força e energia. Amor que acende é aquele que bota pra frente, comemora todas as suas vitórias, por mais que pequena a outros olhos, e é totalmente visível, sabem? Todo mundo nota o brilho de uma mulher que tem junto um cara assim ao lado.
E todo mundo também nota quando o namorado apaga uma moça, é aquele que não gosta do melhor amigo dela e que odeia todos os seus amigos, aquele que tem ciúmes até do primo. É aquele que critica a cor da unha até o corte novo de cabelo. É aquele que quer prender, que se acha no direito de proibir ou então de mudar alguma virtude. Ele tem certeza que aquele curso que ela sonha tanto em fazer não vai acrescentar nada a vida dela. O namorado que apaga não confia na namorada, não confia no talento dela. E, por acreditar nele, ela acaba se tornando uma pessoa sem brilho, triste e opaca.

E é ai que eu penso tanto nisso... Qual o sentido de continuar ao lado de uma pessoa que apaga sua existência? É digno de repensar, vale a pena ficar ao lado de alguém que te apaga diariamente?


Quero agradecer a todo mundo que me enviou mensagens positivas, pedindo para eu voltar logo, não desistir e etc, quero me desculpar também com quem deixei esperando, mas esses últimos dois meses em que passei resolvendo mil problemas, serviram de um eterno aprendizado: "Você pode e vai abraçar o mundo, mas não de uma vez só...", foi o que disse a pessoa que tem acendido a minha existência.

Obrigada, gente!



Um comentário:

Mariana Leal disse...

Você escreve tão bem <3
http://toobege.blogspot.com.br/

© Seu Blog Aqui - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo